Sintomas e diagnóstico

 

Sintomas

O quadro clínico é variado e inclui desde o paciente assintomático, cuja única preocupação é o problema estético que traz a existência de varizes, ao paciente com a sintomatologia característica (pernas pesadas, dor, caimbras, sensação de cansaço permanente, etc.). A sintomatologia se torna mais intensa quando começam a aparecer complicações pelo estancamento de sangue na pele, que é quando se produz uma atrofia do tecido ceáneo com reação eczematosa e pruriginosa

 

Os sintomas mais comuns das varizes são:

Diagnóstico

O primeiro de tudo é saber que o diagnóstico das varizes deve ser feito com o doente de pé. isto é muito importante, pois que devido a nossos hábitos diários, somos nós mesmos quem favorecemos a aparição das varizes. O normal é que durante a maior parte do dia estemos sentados ou de pé, enquanto que na cama não passamos mais de 7 ou 8 horas, o que significa que 2/3 de nosso tempo diário o passamos em posturas que irremediavelmente favorecem a aparição de varizes.

O que está claro é que na actualidade não se pode iniciar nenhum tipo de tratamento para combater as varizes sem que primeiro estas tenham sido diagnosticadas. Antes deve ir a um especialista para que leve a cabo um exaustivo estudo sobre a circulação arterial. Este tipo de exploração permite descobrir que nem todas as varizes seguem os mesmos padrões em todos os casos, o que é um dado fundamental a ter em conta para o futuro desenvolvimento de tratamentos. Assim, nem todas as varizes devem ser operadas, e para a toma de tal decisão, é primordial prestar especial atenção às circunstâncias de cada paciente


Ganhe 5€ de boas vindas Inscreva-se e aproveite agora de 5€ de desconto e muitas outras ofertas