Como prevenir as varizes?

Ainda que nem todo mundo saiba, as varizes afectam tanto a homens como a mulheres, só que nas primeiras é uma doença muito mais comum que entre os segundos, pois segundo numerosos e detalhados estudos, afectam a um só homem por cada cinco mulheres.

O certo é que, segundo os últimos cálculos, uma de cada dez pessoas sofrem de varizes ao longo de sua vida, sendo mais habituais nas mulheres a consequência da gravidez e a variação hormonal.

Truques e conselhos para prevenir as varizes

Manter em um peso equilibrado

Outras recomendações para a prevenção:

Siga uma dieta equilibrada e rica em fibras. Uma alimentação equilibrada cumpre um papel muito importante na hora de prevenir as varizes. Nossa dieta é um dos factores desencadeantes da obesidade, que é uma das causas mais frequentes da origem das varizes.

Mergulhe as pernas em água quente e fria. Mergulhar as pernas em água vem muito bem para tonificar as pernas, sobretudo se alternamos água quente (a 38ºC aproximadamente) e água fria. Também pode-se fazer aplicando uma compressa de água quente sobre a zona afectada (sem pressionar demasiado) durante 2 minutos, mais ou menos. Após isto, aplica-se outra de água fria durante meio minuto e continua com esta operação durante 10 minutos, finalizando com a compressa fria. Desta forma ajudará a que as varizes não aumentem.

Pratique algum tipo de exercício físico. Um pouco de exercício diário, sobretudo caminhar (1 hora ao dia), ajuda a que se contraiam as veias, se esvaziem e se envie o sangue até o coração, neutralizando as varizes, já que permanecer durante muito tempo sentado ou de pé provoca acumulações de sangue nas veias das pernas.

Dê massagens nas zonas afectadas por varizes. Ponha os pés mais altos que o resto do corpo e realiza uma suave massagem desde o tornozelo até o joelho. Devem ser suaves, já que do contrário poderia danificar ainda mais as veias.

Ponha as pernas para o alto. Uma posição elevada das pernas sempre es beneficiosa para as varizes, que não são outra cosa que veias debilitadas que já não tem a força necessária para devolver o sangue ao coração. É por isto mesmo que devemos ajudá-las apoiando os pés em uma mesa ou em uma cadeira, mantendo as pernas por cima do nível de nossas cadeiras para assim equilibrar a gravidade. Com meia hora ao dia é suficiente (preferivelmente ao meio-dia).

Mude de posição constantemente. Faça este fácil exercício quantas vezes possa ao longo do dia: use umas meias com suporte, deite-se de boca para cima, eleve as pernas e descanse-as sobre a parede. Mantenha esta posição durante dois minutos para que o sangue flua das varizes até o coração.

Mova as pernas. As pessoas sedentárias tem mais probabilidades de padecer de varizes que as que levam uma vida com mais actividade. Se por causa de seu trabalho tem que permanecer muitas horas sentada, cada meia hora dedique-se 2 minutos a encolher e esticar as pernas, a mover os dedos dos pés – estar calçado não impede em absoluto fazer este exercício-, ponha-se de pontas cada vez que possa e caminha um momento cada hora. Comprovará que está muito bem para as varizes.

Andar descalço. Caminhar descalço sobre a erva ou a areia do mar é algo que está muito bem para as varizes. Além disso, caminhar pela beira do mar é um dos remédios mais completos, pois unimos o benefício da hidroterapia com os sais minerais do mar.

Pratique yoga. O yoga é um dos exercícios que pode ajudar-nos a aliviar a incomodidade das varizes. Como exemplo, observa este simples exercício: deite-se de boca para cima, eleva seus pés até o asento de uma cadeira, e respire pelo nariz pausadamente. Isto lhe ajudará a que a força de gravidade tire o sangue acumulado nas pernas e o reconduza.

Durma com os pés ligeiramente levantados. Incline sua cama à altura dos pés colocando guias telefônicas o algo parecido baixo sua colchão para elevá-los (uns 10 cm. más o menos), mantendo as pernas no alto enquanto dorme. Constatará que seu problema de varizes não se incrementado. Se tem algum tipo de problema cardíaco ou dificuldade respiratória, consulta a seu médico antes de ajustar seu colchão.